5 regras de uso da VPN para torrents em países que proíbem o uso do BitTorrent

BitTorrent é a tecnologia que permite que você compartilhe arquivos ponto a ponto pela Internet, o que significa que os arquivos obtidos serão transferidos diretamente dos dispositivos do usuário. Ninguém está hospedando esses arquivos em um servidor dedicado, mas você poderá obtê-los diretamente solicitando aos usuários que possuem os arquivos armazenados em seus dispositivos. Esses usuários são chamados de semeadores.


A tecnologia por trás do BitTorrent em si não é ilegal, mas costuma ser usada para compartilhar ilegalmente materiais com direitos autorais, que é a raiz do problema aqui. Como a tecnologia torrenting ou BitTorrent foi usada para compartilhar vários materiais de natureza ilegal, muitos países proibiram o uso de torrents ou tecnologia BitTorrent para seus cidadãos. Isso evita a pirataria e o download ilegal e, como resultado, você não poderá acessar sites de torrent se viver em um desses países..

No entanto, você sempre pode ignorar essa restrição usando o VPN. Aqui estão 5 regras do uso da VPN para torrents em países que proíbem o uso do BitTorrent:

1. Aprenda se o Torrenting pode causar problemas às leis

A maioria dos países do mundo, apesar de não permitir o torrent, chega ao ponto de impedir que seus cidadãos acessem sites de torrent. Eles praticamente não se importam se seus cidadãos podem contornar o bloqueio e, portanto, essencialmente, o uso da VPN nesses países não causará nenhum problema..

No entanto, em alguns países especiais, eles não permitem o torrent e aplicarão leis a seus cidadãos se conseguirem contornar o bloqueio do governo. Se você mora nesse tipo de país, o uso de torrents pode ser muito perigoso e problemático. É aconselhável garantir que o seu país não o persiga apenas por usar o BitTorrent e acessar sites de torrent.

2. Use apenas VPN que tenha servidores especializados para torrents

Depois de ter certeza de que pode usar a VPN com segurança, sem precisar enfrentar as ameaças do governo ou das autoridades, é hora de encontrar o serviço de VPN que pode fazer o trabalho corretamente. A maioria dos serviços de VPN permitirá que você faça torrent. Até os serviços VPN gratuitos permitem acessar sites de torrent e baixar e enviar arquivos desses sites usando o BitTorrent.

No entanto, você terá a melhor experiência para usar a conexão virtual privada que oferece servidores especializados para torrents. Geralmente, esses servidores são tão otimizados para torrents que fornecem a velocidade mais estável e mais rápida para download e upload de torrents. O truque é que você precisa primeiro mudar para o servidor de torrent antes de poder usar seu cliente BitTorrent para começar a realizar algumas atividades de compartilhamento de arquivos.

3. Use a tecnologia BitTorrent com sabedoria

Novamente, o que torna o torrent ilegal em alguns países são os dados que estão sendo compartilhados nele. Se você usa torrents para compartilhamento legítimo de arquivos, como compartilhamento de software legítimo (principalmente software de código aberto), livros de domínio público, música grátis (música indie), filmes gratuitos e qualquer coisa que não infrinja os direitos autorais de qualquer empresa ou pessoa, então você está completamente livre para usar o BitTorrent o quanto quiser. Porém, mesmo que você opte por baixar materiais protegidos por direitos autorais usando torrents, ainda é sua escolha e de sua própria responsabilidade.

O que você precisa fazer é garantir que você esteja usando a tecnologia BitTorrent com sabedoria. Esteja ciente das leis do seu país e de como geralmente as pessoas da sua comunidade usam essa tecnologia. Principalmente, evite usá-lo para atividades ilegais de compartilhamento de arquivos se você souber que as autoridades aplicarão leis e perseguirão você imediatamente.

4. Certifique-se de criptografar todo o sistema, não apenas o navegador

Ao usar a VPN para torrent, não aplique o sistema VPN apenas no seu navegador. Existem alguns serviços de VPN que fornecem extensões de navegador que permitem ativar a conexão privada apenas no seu navegador. No entanto, é sempre benéfico criptografar a rede em todo o sistema.

É sempre melhor instalar o software VPN no seu computador, para que todos os softwares usados ​​no computador enviem e transfiram apenas dados por meio da conexão VPN. Isso é benéfico para garantir a máxima segurança e privacidade enquanto você usa os sites de torrent e também quando navega na Internet normalmente.

5. Verifique regularmente se há vazamento de IP

Por fim, o vazamento de IP pode acontecer a qualquer momento que possa expor sua identidade ao governo ou ao público durante a atividade de torrent. Você deve verificar regularmente o vazamento de IP para evitar qualquer alteração indesejada de IP em seu sistema, que é a alteração do endereço IP privado para o endereço IP público.

Lembre-se de que o vazamento de IP pode potencialmente vazar suas informações pessoais; portanto, é necessário verificar regularmente se há vazamento de IP. Ou, se o seu serviço VPN tiver o recurso kill switch disponível, você deverá ativá-lo. Esse é o recurso conhecido por impedir qualquer possível vazamento de IP na sua conexão privada.

Kim Martin
Kim Martin Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me